Defensoras da Vara de Família participam do último mutirão do ano

Serão atendidos cerca de 40 processos nessa quarta (14) e quinta-feira (15)

Para desafogar os processos que estão em trâmite e incentivar a conciliação familiar, a 1ª e 2ª Varas de Família da Defensoria Pública do Estado (DPE) continuam nessa quarta-feira, dia 14, com o último mutirão do ano que pretende analisar até sexta-feira, 16, mais de 40 processos por dia. Os trabalhos acontecem no Fórum Advogado Sobral Pinto, nos horários da manhã e tarde.

As audiências contarão com a presença das defensoras públicas Emira Salomão e Alessandra Miglioranza, além de advogados, promotores de Justiça e juízes. Dentre as pautas, serão tratadas questões como partilha de bens, execução de alimentos, reconhecimento de paternidade, entre outros casos.

Segundo Emira Reis, o aumento na demanda durante o ano de 2016 foi bastante expressiva tanto na 1ª quanto na 2ª Vara de Família. “Por conta disso, a realização de mutirões foi reforçada para que pudesse atender os casos”, explicou.

Ela destacou que o mutirão no âmbito do judiciário oportuniza a solução rápida, eficaz e pacífica nas demandas familiares. “Terá duas importâncias fundamentais, a primeira delas é acelerar a solução dos processos, como casos que demorariam um ano ele poderá ser solucionado muito mais rapidamente, logo, a resposta para o jurisdicionado é muito mais breve, o que gera benefícios”, pontou.

Ainda conforme Emira, a “outra vantagem é que a solução que emerge das partes, ela é sempre mais vantajosa e satisfatória do que uma decisão imposta pelo magistrado, pois a solução é construída pelas partes”.

A defensora Alessandra Miglioranza relatou que a expectativa para o próximo ano é que a freqüência de realização de mutirões cresça de forma que sejam feitos aproximadamente um a cada mês. “Desta forma atenderemos ainda mais rápido à população e dessa forma, com certeza, a meta do judiciário seria alcançada com maior facilidade”, comentou.

 

ASCOM DPE (095) 3623-1615